Terça, 27 Dezembro 2016 13:50

Casa de George Michael amanhece repleta de flores na Inglaterra

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Dois dias após a morte do cantor britânico George Michael, fãs do artista continuam prestando suas últimas homenagens ao ídolo. A casa do astro no norte de Londres, na Inglaterra, por exemplo, amanheceu nesta terça-feira, 27, repleta de flores, velas e mensagens deixadas pelos fãs. Diversas pessoas seguem em vigília e continuam se emocionando ao passarem pela moradia de George, que foi encontrado morto no local pelo namorado, Fadi Fawaz.

Na segunda-feira, 26, admiradores do artista choraram durante o tributo. Michael tinha 53 anos e morreu por causa de uma insufiência cardíaca, segundo informou seu representante. Diversos famosos também prestaram homenagens ao antigo cantor da dupla pop Wham!, entre eles Elton John, Paul McCartney e Sam Sith, que voltou ao Twitter para fazer a homenagem.
A morte
Michael Lippman, representante e amigo de longa data do artista, informou a causa da morte - insuficiência cardíaca - ao site "The Hollywood Reporter". Lipmann também informou que a morte ocorreu "pacificamente" enquanto ele dormia em casa, no condado de Oxfordshire, na Inglaterra.

"É com grande tristeza que confirmamos que nosso amado filho, irmão e amigo George morreu em paz e em casa durante o Natal. A família pede que sua privacidade seja respeitada neste momento difícil e emocional. Não haverá mais nenhum comentário sobre o assunto", informou o representante na ocasião.
Herança
A fortuna de George - equivalente a R$ 400 milhões, segundo o jornal "Daily Mail" - deve ser, em grande parte, dividida entre seus afilhados. Ele era padrinho de vários filhos de seus amigos famosos, como da filha de Geri Halliwell (ex-Spice Girl) e dos filhos de Spandau Ballet e do baixista Martin Kemp.

 

FONTE: EGO

Ler 801 vezes