solido coqueiro

O coqueiro, erguido e robusto,
De tronco forte e frondosas folhas,
Em seu corpo, o sol reflete o augusto,
Enfeitando a paisagem em suas escolhas.

No litoral, tu te fazes presente,
Com tua imponência e beleza singular,
Testemunha do mar, constante e clemente,
Abrigo dos pássaros a voar.

Teus frutos são dádivas saborosas,
Refrescam o calor e alimentam vidas,
Em cada coco, histórias formosas,
Símbolo da terra, que alegria transmitem.

Coqueiro, majestoso e imortal,
Tu és a essência de nossa cultura,
Em teus galhos, abrigo celestial,
Brisa do mar, paz que nos perdura.

Oh, coqueiro, tão sereno e formoso,
Guardião das praias, dos sonhos e desejos,
Em teu abraço, encontramos repouso,
Símbolo eterno de amor, paz e ensejos.

coqueiros

Deixe um comentário